ESPECIAL SONIC – O que achei dos jogos “Sonic 3” e “Sonic & Knuckles” (1994)

Capa do jogo 'Sonic 3'

Lançados no mesmo ano para o Mega Drive (Genesis nos EUA), “Sonic 3” e “Sonic & Knuckles” estabelecem um novo patamar na franquia do ouriço. Com gráficos e trilha sonora modernos, os jogos introduzem o personagem Knuckles, uma equidna vermelha, que protege a Master Emerald. O Dr. Eggman Robotnik sabe dos poderes dessa esmeralda e engana Knuckles, que pensa que Sonic e Tails desejam roubá-la.

Não dá para falar desses jogos separadamente, já que eles são complementares. Como os desenvolvedores não conseguiram finalizar o projeto completo dentro do prazo, a SEGA decidiu dividir o jogo em duas partes e utilizar uma tecnologia inovadora, chamada “lock-on”. O portador dos dois jogos pode jogá-los separadamente ou inserir o cartucho do jogo “Sonic 3” na entrada superior do cartucho “Sonic & Knuckles” para jogar a versão completa.

Screenshot do jogo 'Sonic 3', mostrando Sonic e Tails enfrentando o miniboss da Angel Island Zone

Além de contar com um novo modo competitivo, o jogo permite salvar o progresso para que se pudesse continuar posteriormente, algo inovador para a época. Agora, Sonic tem de enfrentar um miniboss ao fim do primeiro Act, além de precisar derrotar o Dr. Eggman Robotnik ao fim do segundo. Para isso, Sonic conta com novos escudos, com poderes como água e fogo, que permitem que o ouriço faça ataques especiais e fique invulnerável à lava, por exemplo.

Os bastidores do jogo também guardam um dos maiores mistérios em volta do ouriço. Em vários sites de fãs de Sonic, há fortes evidências de que Michael Jackson e seu time estavam envolvidos na composição de músicas para o jogo. No entanto, o nome do cantor não consta nos créditos de nenhum dos jogos, embora seja possível notar o nome de artistas que trabalharam com ele na época  do álbum “Dangerous” (1991), como Brad Buxer.

Screenshot do jogo 'Sonic 3', mostrando Sonic e Tails em um Special Stage

Mesmo com a onda de remasterizações dos clássicos do ouriço, como “Sonic 1” (2013) e “Sonic CD” (2011), os jogos “Sonic 3” e “Sonic & Knuckles” ainda não foram eleitos para o processo. E não é por falta de tentativa, já que Christian Whitehead (o nome por trás das remasterizações) criou até uma prova de conceito mostrando como o jogo rodaria em dispositivos móveis. O que será que está impedindo a SEGA?

“Sonic 3” e “Sonic & Knuckles” ainda são lembrados com muito carinho pelos fãs de Mega Drive. Além do Mega Drive e do computador (cuja versão foi lançada em 1997), estes jogos podem ser encontrados em outras plataformas por meio de coletâneas que rodam o jogo basicamente por emulação. Com o sucesso de “Sonic Mania”, lançado este ano, quem sabe a SEGA não decida remasterizar este clássico em breve?

NOTA: 10 / 10

PS: Este review foi feito com base na versão para Mega Drive.

Quer ver todos os posts do Especial Sonic? É só clicar aqui! Gostou da review? Quer sugerir um tema para o próximo mês? É só postar nos comentários.