ESPECIAL ELECTRIC DREAMS — O que achei do episódio “Real Life”

Cena do episódio 'Real Life', da série 'Philip K. Dicks Electric Dreams', mostrando Sarah sendo monitorada

Em meio a uma temporada um tanto irregular, a série “Philip K. Dick’s Electric Dreams” (2017) surpreende com alguns episódios muito bons, como “The Commuter” e, agora, “Real Life”. Estrelado por Anna Paquin e Terrence Howard, este é o episódio que melhor se encaixaria em uma temporada de “Black Mirror” (2011—).

Em um futuro não especificado, Sarah (Anna Paquin) é uma policial que está em uma fase psicologicamente perturbada. Seguindo o conselho de sua esposa (Rachelle Lefevre), ela decide tirar férias de sua vida, literalmente.

Para isso, ela utiliza um equipamento avançado que analisa a mente do usuário para determinar uma nova personalidade e uma nova história durante seu uso. Sarah assume a pele de George (Terrence Howard), em uma história que se passa em tempos mais contemporâneos, em uma experiência que talvez seja mais real do que ela imaginava.

Cena do episódio 'Real Life', da série 'Philip K. Dicks Electric Dreams', mostrando Paula conversando com George

O roteiro deste episódio é inspirado no conto “Exhibit Piece”, de 1954, de Philip K. Dick. A história traz um equipamento de tecnologia avançada, com o conceito de realidade virtual. O trunfo aqui é fazer com que o espectador fique na dúvida em relação a quem é que está na simulação, já que as sensações de Sarah e George são bastante realistas.

Além de ter um bom ritmo, “Real Life” provoca reflexão acerca do uso de simuladores de realidade virtual, lembrando a série “Black Mirror”, neste aspecto. A imersão nestes programas pode ser tão grande, que o usuário pode acabar renegando a realidade para viver somente no mundo simulado, que para ele parece mais real.

As performances de Anna Paquin e Terrence Howard estão boas, mas o último se sobressai, especialmente nas sequências em que está contracenando com Lara Pulver (Paula). O episódio ainda conta com a participação de Sam Witwer.

“Real Life” é um dos episódios de “Electric Dreams” que é mais acessível para o público em geral, especialmente por contar com atores conhecidos. Provavelmente por isso, a Amazon Prime optou por alterar a sequência da série e o posicionou como primeiro episódio, quando originalmente ele era o quinto.

NOTA: 8.5 / 10

Cena do episódio 'Real Life', da série 'Philip K. Dicks Electric Dreams', mostrando Sarah e seu colega Mario investigando um caso

Comentários

Deixe uma resposta