O que achei do primeiro episódio da série “The Mayor”

Pôster da série 'The Mayor'

Courtney Rose (Brandon Micheal Hall) é um aspirante a rapper que se candidata à prefeito da sua cidade visando ganhar popularidade. O fato é que ele vence as eleições, possivelmente por conta de seu carisma e autenticidade. Mas sua inexperiência como gestor requer a ajuda de amigos, como Valentina Barella (Lea Michele), com quem estudou no colégio. Será que Courtney vai conseguir aliar sua paixão com a nova função?

A série “The Mayor” estreou nos EUA na semana passada, chamando a atenção por contar com a presença de Lea Michele em seu elenco. Egressa de produções de Ryan Murphy, como “Glee” (2009-2015) e “Scream Queens” (2015-2016), a atriz / cantora parece estar buscando se arriscar em novos horizontes no ramo do entretenimento. Mas talvez o papel de Valentina não seja muito diferente do que ela já fez em “Glee”.

Foto de cena da série 'The Mayor', mostrando Courtney, Jermaine e Valentina na prefeitura

Valentina parece ser tão controladora e perfeccionista quanto Rachel, então a impressão que se tem é que estamos assistindo a uma versão não tão artística da personagem. Mas pode ser que a personagem mostre algum lado diferente nos próximos episódios. Brandon Micheal mostrou que tem capacidade para levar a série e Yvette Nicole Brown, que faz o papel da mãe de Courtney, também se destacou bastante neste primeiro episódio.

Com um roteiro que parece inspirado no anúncio de Kanye West como futuro candidato à presidente e até mesmo fazendo referências ao governo Trump, “The Mayor” ainda consegue fazer algumas críticas sociais em meio às falas irônicas de seus personagens. Há potencial, mas é necessário desenvolver um pouco mais o protagonista para que ele não acabe virando um chato. A série ainda não tem previsão para exibição no Brasil.

NOTA: 7.5 / 10

Comentários

Deixe uma resposta