O que achei do filme “A Fabulosa Aventura de Sharpay” (2011)

Pôster do filme 'A Fabulosa Aventura da Sharpay'

A trilogia “High School Musical” chegou ao fim (por enquanto) com o terceiro longa, lançado nos cinemas. Em 2011, entretanto, foi lançado mais um filme que se passa no mesmo universo: “A Fabulosa Aventura da Sharpay” (Sharpay’s Fabulous Adventure, 2011). Produzido pela própria Ashley Tisdale, este filme foi lançado diretamente em DVD, mas chegou a ser exibido no Disney Channel no mesmo ano.

Depois de concluir os estudos na West High, Sharpay (Ashley Tisdale) e seu cachorrinho Boi vêm se apresentando no Lava Springs, o clube de seus pais. Em uma dessas apresentações, um produtor sugere uma audição para um papel na Broadway. De olho na oportunidade, Sharpay se muda para Nova Iorque, onde terá de provar que é uma verdadeira estrela, especialmente para sua família.

Cena do filme 'A Fabulosa Aventura da Sharpay', mostrando Peyton

Depois que “High School Musical 3: Ano da Formatura” (High School Musical 3: Senior Year, 2009) elevou o nível da franquia “High School Musical”, é um tanto difícil apreciar uma produção menor. Pra completar, “A Fabulosa Aventura de Sharpay” é bastante diferente dos demais filmes, a começar pela quantidade de performances musicais, que é bem inferior. O roteiro é bem simples, recorrendo a personagens bastante caricatos, o que mostra que os produtores não prestaram atenção no crescimento dos fãs da franquia.

Ainda falando sobre o roteiro, Sharpay está quase irreconhecível aqui. Claro que se pode argumentar que a personagem amadureceu e evoluiu, mas é como se fosse uma outra personagem, mais humana e compreensiva. Há até um momento um tanto improvável em que Sharpay vira assistente de uma famosa atriz, tal como ela própria fez com a personagem Tiara Gold em “High School Musical 3”.

Cena do filme 'A Fabulosa Aventura da Sharpay

Com a pretensão de ser um spin-off, “A Fabulosa Aventura de Sharpay” parece bastante deslocado na franquia. O longa não conta com a participação de nenhum outro protagonista original, com exceção de Ryan (Lucas Grabeel), que faz uma aparição curtíssima nos créditos do longa, cena presente apenas nas versões do Disney Channel e da Netflix de alguns países (o Brasil não é um deles).

NOTA: 6 / 10

E chegamos ao fim do Especial High School Musical, próximo mês teremos um novo tema!

Quer ver todos os posts do Especial High School Musical? É só clicar aqui! Gostou da review? Quer sugerir um tema para o próximo mês? É só postar nos comentários.