O que achei do primeiro episódio do programa “Os Trapalhões” (2017)

Foto promocional do programa 'Os Trapalhões (2017)'

Se você tem 15 anos ou menos, provavelmente não assistiu ao programa “Os Trapalhões” (1977 – 2000) na Rede Globo. O programa fez um sucesso estrondoso na década de 80 e início da década de 90, e se expandiu para outras mídias como cinema e quadrinhos. De olho nisso, a Rede Globo está produzindo, em parceria com o canal Viva (com quem já produz a nova “Escolinha do Professor Raimundo”), uma nova versão dos “Trapalhões”, que estreou ontem no canal fechado.

O programa segue um formato bem próximo do original, com esquetes diversas de humor. Didico (Lucas Veloso), Dedeco (Bruno Gissoni), Mussa (Mumuzinho) e Zaca (Gui Santana) são os novos trapalhões, cujos nomes e personalidades são totalmente inspirados nos trapalhões originais. E, inclusive, Didi e Dedé participam de algumas esquetes do programa. Há participações especiais em alguns episódios, como Letícia Lima, no primeiro episódio.

Foto de cena do programa 'Os Trapalhões (2017)'

Para os saudosistas do programa original, esta nova versão não vai deixar a desejar. Algumas esquetes do primeiro episódio, inclusive, eram exatamente as mesmas que já foram feitas no programa original. A comparação com o passado é inevitável: enquanto Lucas Veloso soa um pouco forçado como Didico e Bruno Gissoni não lembra em nada o personagem Dedé, Mumuzinho e Gui Santana são os atores que estão mais próximos dos originais e, por isso, mais engraçados.

É louvável a iniciativa de homenagear os humoristas, mas o roteiro parece ter sido feito para os programas originais. Embora bem produzida, esta nova versão ainda parece bem datada e dificilmente vai conquistar novos fãs. “Os Trapalhões” já está sendo exibido no canal Viva de Segunda à Sexta, às 20h30, e será exibida na Rede Globo no mês de Setembro.

NOTA: 5 / 10

"Foto

Comentários

Deixe uma resposta