O que achei da série “Castlevania” – Temporada 1

Imagem promociona da série 'Castlevania', da Netflix

A franquia “Castlevania” já existe no mundo dos games desde meados dos anos 80 e ficou famosa por conta de jogos como “Castlevania: Symphony of the Night” (PlayStation, 1997). Não é de hoje que se tenta adaptar a saga da Konami para outros formatos e, depois do fracasso da produção de um filme, foi produzida uma série animada da história do jogo “Castlevania III: Dracula’s Curse” (NES, 1990). A primeira temporada, com apenas 4 episódios, estreou no último fim de semana na Netflix.

A história desta temporada se passa no século XV, em Wallachia, na Romênia. Quando a esposa do conde Vlad Dracula Tepes é acusada de bruxaria e é queimada viva em praça pública, o vampiro decide destruir a região. Liberando demônios e monstros que atacam a cidade durante as noites, a população vive em meio ao medo enquanto a igreja passa por uma crise. Último descendente de uma família de caçadores de demônios, Trevor Belmont (Richard Armitage) chega à Wallachia como uma esperança em meio à chacina.

Cena de episódio da 1a. temporada de 'Castlevania', da Netflix, mostrando Trevor Belmont em ação

Com uma animação fortemente inspirada nos animes japoneses e design de personagens baseado nos jogos mais recentes da franquia, esta primeira temporada de “Castlevania” basicamente cumpre o papel de apresentar a história, já que encerra bruscamente (assim como todos os episódios). Apesar do tom sombrio, há alguns momentos mais cômicos, protagonizados por Belmont.

O horror está bem presente, com direito a sequências bem explícitas e sem censura. A dublagem original (em inglês) é boa, ao contrário da brasileira, que deixa bastante a desejar. Já a animação é inconstante: há momentos em que é bem fluida mas, em outros, é notória a falta de quadros de animação. Talvez a falta de orçamento tenha limitado a produção dos episódios, o que também explicaria a pequena quantidade.

Cena de episódio da 1a. temporada de 'Castlevania', mostrando Sylpha em ação

Ainda é cedo para dizer se a série “Castlevania” vai vingar, mas estes 4 episódios têm êxito em despertar o interesse pelas próximas temporadas. A segunda já está confirmada para 2018 e terá 8 episódios. Provavelmente, o orçamento será maior e garantirá uma melhor animação.

NOTA: 7.5 / 10

Comentários

Deixe uma resposta