O que achei do single “24K Magic”, de Bruno Mars

Embora o nome de Bruno Mars ainda esteja bastante presente na mídia, já faz 4 anos desde o lançamento de seu segundo álbum, “Unorthodox Jukebox”. Depois de ter trabalhado no álbum, o produtor Mark Ronson convidou Mars para uma parceria que resultou na música “Uptown Funk”, que fez um enorme sucesso de crítica e de público no ano passado. E, agora, Mars lança o primeiro single de seu próximo trabalho: “24K Magic”, que também será o nome do novo álbum.

A letra e o vídeo de “24K Magic” estão sintonizados: ambos tratam de ostentação, com direito a muitas referências a dinheiro, bebidas e mulheres (para o terror das fãs que admiram o lado romântico de Mars). A composição é rasa e fica bem aquém de outros trabalhos de Mars mas, considerando que ele também escreveu a terrível “Gorilla” (do álbum anterior), esta não soa tão mal.

Com “24K Magic”, fica evidente que Bruno Mars continua a ser influenciado pela sonoridade oitentista. A música faz uma fusão entre os sons que remetem a sintetizadores e a batida do R&B moderno. Entretanto, aqui Mars não faz uso da potência da sua voz; ele brinca com os efeitos de vocoder e autotune, para o desespero daqueles que o admiravam por não fazer uso desses recursos. O resultado não chega a ser ruim, mas está longe de ser memorável e cativante como seus sucessos anteriores.

Normalmente, o primeiro single de um álbum é uma amostra da sonoridade e da temática que será abordada no trabalho. Considerando este single e a capa do novo álbum, infelizmente, pode-se esperar por mais canções similares a “24K Magic”. Entretanto, é bastante provável que um dos próximos singles venha a ser uma balada romântica, que deve ajudar a redimir o impacto negativo que esta canção vem causando entre seus fãs. O álbum “24K Magic” será lançado em Novembro.

NOTA: 7 / 10

>

Comentários

Deixe uma resposta