O que achei dos BRIT Awards 2016

Foto de Adele com seus 4 prêmios BRITs 2016

Quase finalizando a temporada de premiações, o Brit Awards deste ano ocorreu na última Quarta-Feira na Arena The O2 em Londres. O evento anual, produzido pela BPI (British Phonographic Industry), premia os maiores nomes da música britânica e mundial desde 1982. É bem mais informal, mais animado e mais relevante (quando se trata de música britânica) do que o Grammy, por exemplo. A cerimônia foi conduzida pela dupla de apresentadores Ant & Dec (que também apresentam o “Britain’s Got Talent”), pela terceira vez, e ficou marcada não só pelos prêmios mas também pelas apresentações.

Adele foi consagrada como a maior vencedora, com 4 prêmios (perdeu apenas 1), nas categorias de Single (“Hello”), Álbum (“25”), Artista Britânica Feminina e o Global Success, prêmio criado em 2013 para agraciar os artistas que estão em alta na música mundial. Inclusive, quem anunciou o prêmio foi o astronauta britânico Tim Peake, diretamente da Estação Espacial Internacional, para o delírio da plateia. O vencedor da categoria Critics Choice deste ano foi Jack Garratt, nome que provavelmente vai começar a despontar nos próximos anos; esta categoria é uma grande referência (senão a maior deste prêmio) e já revelou grandes nomes como Sam Smith, Florence + the Machine, Ellie Goulding e a própria Adele.

Foto de Liam e Louis, do One Direction, recebendo um prêmio BRITs 2016

James Bay, vencedor da categoria Critics Choice no ano anterior, foi premiado na categoria de Artista Britânico Masculino, desbancando Calvin Harris e Mark Ronson. A banda alternativa Tame Impala, levou o prêmio de Grupo Internacional, superando o Alabama Shakes, vencedor de alguns prêmios no último  Grammy. Isso foi uma surpresa até para eles mesmos, que ficaram bastante atordoados no palco do evento. A categoria de voto popular (que não poderia deixar de existir) era Vídeo Britânico, e não deu outra: a boyband One Direction, que atualmente está em hiato, venceu com “Drag Me Down”.

Uma coisa que o Brits normalmente faz é entregar prêmios para artistas não-britânicos que se apresentam na cerimônia. Isto aconteceu este ano novamente: Justin Bieber levou o prêmio de Artista Masculino Internacional e fez uma performance, mais animada que no Grammy. Bieber cantou 2 músicas: “Love Yourself”, com acompanhamento de James Bay, e “Sorry”. Rihanna finalmente fez sua estreia da era “Anti”, apresentando “Consideration” (com a mini-participação de SZA) e emendando com “Work”, acompanhada por Drake, deixando os fãs eufóricos. Os britânicos do Coldplay foram os responsáveis pela abertura da cerimônia, cantando “Hymn for the Weekend”, do álbum “A Head Full of Dreams”, sem Beyoncé (deu pra perceber que ela faz uma grande diferença); a banda ainda levou o prêmio de Grupo Britânico.

Foto de Rihanna e Drake dançando na performance de 'Work', nos prêmios BRIT 2016

O melhor momento da noite, sem dúvidas, foi o tributo a David Bowie. A cantora Annie Lennox fez um grande discurso quando foi entregar o Icon Award, que foi recebido por um dos amigos mais próximos de Bowie, o ator Gary Oldman. Ao receber o prêmio, Oldman contou algumas histórias do artista e explicou que Bowie “enfrentou a doença com dignidade, graça e seu humor costumeiro”. Como se não fosse suficientemente emocionante, uma banda com músicos que tocaram com ele interpretou trechos de seus grandes sucessos, antecipando um cover de “Life on Mars?”, muito bem executado por Lorde. Definitivamente, este tributo foi muito mais tocante e melhor organizado do que o realizado por Gaga no Grammy. Veja a performance no fim do post.

Adele encerrou a noite cantando sua música de trabalho atual, “When We Were Young” (do álbum “25”), com um cenário incrível. Por sinal, isso é outra coisa que sempre é interessante de se ver nos BRITs: as apresentações dos artistas costumam ser de alto nível, com cenários, dançarinos, efeitos e muita energia. O canal Multishow transmitiu o evento no mesmo dia, com uma diferença de 2 horas e fará uma reprise (com legendas, possivelmente) hoje, a partir das 23h30 e amanhã (dia 27) a partir das 15h30. A premiação também estará disponível no Multishow Play até o dia 09 de Março! Outra dica é que as músicas de algumas performances também estão disponíveis para download, no Google Play.

>

Comentários

Deixe uma resposta