O que achei do iOS 9

Logo do iOS 9

Uso produtos da Apple há quase 5 anos, quando comprei o iPhone 3GS. E, até pouco tempo atrás, eu sempre confiava nas atualizações e suporte da Apple para tudo. Mas desde que Steve Jobs faleceu, muita coisa mudou. Produtos foram descontinuados pouco tempo após seu lançamento (iPhone 5, iPhone 5C, iPad 3), o suporte deixou de ser uma referência absoluta e os novos produtos não tem a inovação necessária para cativar novos consumidores. Para piorar, as atualizações de software que, até um tempo atrás, eram muito aguardadas, passaram a ser empecilhos. Este é o caso do iOS 9.

O iOS 9 foi lançado publicamente no dia 16 do mês passado. Dentre as novidades, algumas alterações de interface e funcionalidades muito bem-vindas como:

> O aplicativo Notas passa a permitir rabiscos e desenhos (eu sempre senti falta de um aplicativo nativo para isso).

> Modo de Pouca Energia, que, ao ser ativado, limita algumas funções como animações e downloads automáticos, além de diminuir a velocidade da rede…

> Notificações unificadas, evitando que o usuário tenha que sair apagando as notificações de cada aplicativo; a unificação é feita para as notificações de um mesmo dia.

> Atalhos para voltar ao aplicativo de onde o usuário saiu.

> Busca no menu de Ajustes, facilitando encontrar uma opção dentre as trocentas que tem.

As novidades são bem interessantes. Mas, diferente de quando eu atualizei outras grandes versões do iOS, esta veio com alguns problemas irritantes (sem contar que o teclado ainda não tem os novos emojis que o Android já disponibilizou mais cedo este ano):

> Não reconhece o backup do iOS 8 ao se tentar gerenciar o armazenamento (veja o meu print a seguir). Com isso, o usuário passa a ter 2 backups do mesmo aparelho em versões diferentes e não consegue apagar o anterior. Só consegui resolver isto quando desativei a opção de backup e habilitei novamente (ao desativar, todos os backups são excluídos). Detalhe: descobri isso fuçando num fórum; o atendente do suporte da Apple não conseguiu me ajudar a resolver o problema.

> Efeitos, notificações sem som e animações intermitentes, particularmente no aplicativo WhatsApp (mas eu percebi em outros também).

> O nível de volume simplesmente zera aleatoriamente (vi isso particularmente no Snapchat, mas afeta outros aplicativos também).

> Alguns usuários reportaram que a Siri “parou de falar” do nada.

Print de tela do iOS 9 ilustrando que não existem Backups do aparelho

A Apple já liberou duas versões corretivas (nos dias 23 e 30 do mês passado, ou seja, semanalmente) e está prestes a liberar a versão 9.1 (essa sim, com os novos emojis). Ou seja, 4 atualizações de sistema operacional em menos de 2 meses. Como desenvolvedor de software, considero isso uma grande bola fora: cadê os testes? Cadê a qualidade? Apple, melhore! A concorrência é alta e eu não hesitarei em mudar de aparelho se os preços altos não corresponderem à qualidade dos serviços.

NOTA: 6 / 10

Comentários

Um comentário sobre “O que achei do iOS 9”

Deixe uma resposta